Uncategorized
#colunistas | Coluna Social – Por: Michelle Pilom

#colunistas | Coluna Social – Por: Michelle Pilom

A opressão de gênero está ligada à reprodução social A sociedade em que vivemos permite que somente uma pequena minoria possa acumular lucros através de um grupo maior que trabalhe muito para receber pouco. E, neste cenário nós, mulheres, somos peças fundamentais. O sistema capitalista não inventou a subordinação das mulheres, pois infelizmente já existia nos sistemas anteriores, entretanto o capitalismo soube utilizar com maestria essa cruel ferramenta para lucrar com modernos modelos de sexismo sustentado com nosso suor – duplas jornadas (reprodução social) e baixa remuneração. Essa perversidade faz com que trabalhadores com maior remuneração possam, tranquilamente, descarregar suas responsabilidades sobre as mulheres, pois afinal de contas trabalhamos muito, mas não lucramos tanto quanto os homens, logo além do trabalho externo temos que cuidar da casa, dos filhos e demais responsabilidades. Portanto, na atual sociedade a organização social se baseia no gênero porque essas pessoas que sofrem exaustivamente são, em grande medida, do sexo feminino, isso faz com que a reprodução social seja uma questão feminista tendo como seu ponto crítico a luta de classes. E, esta situação se acentua drasticamente quando somamos o gênero e a raça, transformando as mulheres negras nas vítimas fatais das violências de gênero. Redação: Michelle Pilom / Colunista Rádio TV Regional